Visitantes recientes quero muito ver voce aqui

terça-feira, 23 de abril de 2013

Medo de Injeção meu maior trauma de infancia

Gente de todas as lembranças da minha infancia uma das mais fortes e dolorosa é dos momentos em que eu tinha que ser medicada com injeções, tinha verdadeiro pânico e o tempo não conseguiu apagar essas penosas lembranças, hoje transferi essa dor para quando meu filho precisa ( ele nem tem medo) mas eu evito de todas as formas e sofro muito quando não da para evitar, esses dias acabei encontrando no youtube um video que me fez reviver esses momentos e percebi que os adultos na maioria das vezes não conseguem dimensionar o tamanho de tal sofrimento, me chamou a atenção pois esse comportamento era o mesmo que via em meus pais e isso me deixava muito apavorada pois as pessoas que eu via como meus maiores protetores não conseguiam perceber e nem tratar com seriedade aquele desespero que tomava conta de mim ( muitas vezes fazendo brincadeiras), coloquei esse video aqui na esperança que os pais levem mais a sério esse problema pois ele deixa profundas marcas.
Deve haver maneira de minimizar essa coisa tao temida, e espero mesmo que um dia evolua essa maneira de ministrar medicamentos e não mais seje necessário que nossas crianças passem por isso que para mim tinha a dimensão da coisa mais temida da minha infância, me perdoem o dom dramatico mas realmente me vi nesse menininho e quase chorei, doeu em mim e assisti até o fim com a intenção de ver se consigo com isso curar uma ferida que trago bem la no fundo onde ainda mora aquela menininha assustada e indefesa, que com a terrivel frase (é para o seu bem) não tinha a quem recorrer para ser entendida.
Se alguém como eu sentir e compreender o tamanho desse trauma por favor me conte.
Não menospreze esse medo que tenho certeza muitas crianças tem, tenham sensibilidade e tratem com mais cuidado esse momento.


Um comentário:

  1. Olá, Maria. Esse foi o meu maior trauma de infância também, eu me identifico com vc. Meus pais não percebiam, é um trauma na qual tenho até hoje...

    ResponderExcluir

Obrigado de coração, seu comentário é um premio para o meu blog.